“A Eurofarma nos dá liberdade de trabalho e estimula que nos tornemos profissionais completos. Isso porque sabe que serão esses profissionais que levarão a empresa ao futuro que ela planeja.”

Ilan Fajtlowicz, gerente de Planejamento Estratégico e Inteligência de Mercado

 

Com um olho no plano e outro no futuro

Em 2017 completo 11 anos de Eurofarma. Entrei aqui em 2006, para trabalhar como analista de Inteligência de Mercado, quando ainda não havia uma área específica para isso. Cada área tinha seu analista. Após dois anos, com o crescimento da companhia, foi criada uma diretoria de Inteligência de Mercado, que tinha como principal objetivo aproveitar melhor a bagagem e os esforços desses analistas que, juntos, poderiam produzir de forma muito mais eficiente e de acordo com as necessidades da companhia, que também vinham aumentando tanto em volume quanto em complexidade. Durante oito anos atuei como analista, tendo passado pelas áreas Hospitalar, Genéricos e Farma. Há três anos houve uma reestruturação e fui promovido à Gerência da área. Atualmente acumulo as gerências de Inteligência de Mercado e Planejamento Estratégico.

A principal vantagem da Eurofarma é que temos uma operação muito dinâmica. De um lado, isso permite que as pessoas desenvolvam seus trabalhos específicos, de outro, que também tenham proximidade e interação com outras áreas. Então a gente aprende muito e acaba conquistando um leque de possibilidades e oportunidades muito maior. Somos envolvidos em todos os processos, em todas as suas etapas e decisões. Se minha responsabilidade é a página 2, também participo da 3, da 4 e da 5; e isso me capacita a fazer melhor meu trabalho e a ser um profissional completo, uma vez que tenho visão do todo. Entre os valores da Eurofarma está o de dar valor às pessoas. Aqui, temos liberdade de testar, errar e tentar de novo, de formas diferentes. A companhia aproveita os talentos que tem e confia neles. É muito claro para todos que trabalhamos pelo bem da empresa, porque esse bem acaba sendo nosso também.

Para o futuro, o principal desafio da Eurofarma será manter a qualidade em Inteligência de Mercado, conquistada nesses anos todos, e replicá-la nas operações que estamos adquirindo de forma padronizada. O planejamento estratégico também é imprescindível, pois ele vai suportar a continuidade do processo de internacionalização e de inovação de forma estruturada. Acredito muito nisso. A companhia é inquieta e tem grandes ambições, e se acompanharmos todos os passos previamente desenhados, monitorarmos todos os movimentos e mantivermos o plano de expansão em andamento, temos tudo para, nos próximos anos, sermos a maior do Brasil e com atuação em boa parte do mundo.