Hospital

Sulbactam sódica + ampicilina sódica

Active principle: sulbactam sódica + ampicilina sódica
Concentration: 0.5 g + 1 g ou 1 g + 2 g
Presentation: sulbactam sódico + ampicilina sódica 3,0 g (1,0/2,0 g) - Embalagens contendo 20 frascos-ampola acompanhados de 20 ampolas diluente com 6,4 mL de água para injetáveis.

Leaflet

Consumers
Download

Indicated

O medicamento sulbactam sódico + ampicilina sódica injetável é indicado em infecções causadas por microrganismos suscetíveis. As indicações mais comuns são as infecções do trato respiratório inferior e superior incluindo sinusite (infecção dos seios da face), otite média (infecção do ouvido médio) e epiglotite (infecção da epiglote – parte da garganta); pneumonias bacterianas (infecções pulmonares causadas por bactérias); infecções do trato urinário e pielonefrite (infecção dos rins); infecções intra-abdominais incluindo peritonite (infecção do peritônio, camada que recobre os órgãos internos abdominais), colecistite (inflamação da vesícula biliar), endometrite (infecção do endométrio, uma das camadas do útero) e celulite pélvica (infecção da pele e tecido subcutâneo na região pélvica); septicemia bacteriana (disseminação de bactérias a partir de um foco de infecção através do sangue); infecções da pele e tecidos moles, infecções do osso e articulações e infecções gonocócicas (causadas pela bactéria gonococo). O sulbactam sódico + ampicilina sódica injetável pode ser administrado também no peri-operatório (momentos antes da incisão cirúrgica) para reduzir a incidência de infecções em feridas cirúrgicas em pacientes submetidos a cirurgia pélvica e abdominal, nos casos em que a região operada possa estar contaminada por bactérias. No trabalho de parto ou cesárea, o sulbactam sódico + ampicilina sódica injetável pode ser usado para reduzir as chances de infecção pós-operatória.

Not indicated

O uso deste medicamento é contraindicado a pacientes com história de reação alérgica a qualquer penicilina ou a qualquer componente da fórmula. O sulbactam sódico + ampicilina sódica injetável está classificado na categoria B de risco na gravidez. Portanto, este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Record: 1.0043.0793

Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.