Prescripción Médica

Tâmisa 30®

Principio activo: gestodeno + etinilestradiol
Concentración: 75 mcg + 30 mcg
Presentación: Embalagem com 1 blíster calendário com 21 comprimidos revestidos contendo 75 mcg de gestodeno + 30 mcg de etinilestradiol. Embalagem com 3 blísters calendário com 63 comprimidos revestidos contendo 75 mcg de gestodeno + 30 mcg de etinilestradiol.

Información práctica:

Bula

Consumidores
Descargar

Indicado

TÂMISA® (gestodeno + etinilestradiol) é indicado na prevenção da gravidez. Embora tendo eficácia bem
estabelecida, há casos de gravidez em mulheres utilizando contraceptivos orais.

No se indica

Tâmisa® (gestodeno + etinilestradiol) não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez, ou
ainda por mulheres que estejam amamentando.

Tâmisa® (gestodeno + etinilestradiol) não deve ser utilizado por mulheres com hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes de Tâmisa® 30 (gestodeno + etinilestradiol).

Tâmisa® (gestodeno + etinilestradiol) não deve ser utilizado por mulheres que apresentem qualquer uma das
seguintes condições:

  • história anterior ou atual de trombose venosa profunda (obstrução de uma veia);
  • história anterior ou atual de tromboembolismo (obstrução de um ou mais vasos sanguíneos por coágulo);
  • doença vascular cerebral (“derrame”) ou arterial coronariana;
  • valvulopatias trombogênicas (alteração cardíaca que leva à formação de coágulos);
  • distúrbios do ritmo cardíaco trombogênicos ( alteração do ritmo do coração que leva à formação de coágulos);
  • trombofilias hereditárias ou adquiridas (distúrbios da coagulação com formação de coágulos);
  • dor de cabeça com sintomas neurológicos como aura (sensações que antecedem crises de enxaqueca, que podem ser alterações na visão, formigamentos no corpo ou diminuição de força);
  • diabetes com comprometimento da circulação; hipertensão (pressão alta) não controlada;
  • câncer de mama ou outra neoplasia dependente do hormônio estrogênio conhecido ou suspeito;
  • tumores do fígado, ou doença do fígado ativa, desde que a função hepática não tenha retornado ao normal;
  • sangramento vaginal sem causa determinada;
  • história anterior ou atual de pancreatite associada a hipertrigliceridemia severa (inflamação do pâncreas com aumento dos níveis de triglicerídeos no sangue).

Este medicamento é contraindicado para uso por homens.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que possam ficar grávidas durante o tratamento

Registro: 1.0043.0652

Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.