Prescrição médica

Tuntá

Princípio ativo: cloridrato de propafenona
Concentração: 300 mg
Apresentação: Embalagens com 10 ou 30 comprimidos revestidos, contendo 300 mg.

Informações práticas:

Bula

Consumidores
Baixar

Indicação

Tuntá (cloridrato de propafenona) é destinado ao tratamento das alterações do ritmo cardíaco.
Tuntá (cloridrato de propafenona) é um agente antiarrítmico com efeito estabilizador de membrana na célula muscular do coração.

Contra-indicação

Tuntá (cloridrato de propafenona) é contraindicado em casos de:

  • Pessoas alérgicas ao cloridrato de propafenona ou a qualquer outro componente da fórmula do produto (ver COMPOSIÇÃO);
  • Conhecida síndrome de Brugada (ver Advertências e Precauções);
  • Doença de significante alteração estrutural cardíaca como: insuficiência cardíaca descompensada (disfunção do coração para bombear sangue suficiente às necessidades do organismo) com fração de ejeção do ventrículo esquerdo inferior a 35%;
  • Choque cardiogênico (ocorre após períodos de lenta e progressiva deterioração cardíaca, tornando o coração incapaz de bombear fluxo sanguíneo) exceto quando causado por arritmia (batimento rápido do coração);
  • Diminuição da frequência cardíaca acentuada sintomática;
  • Doença do nódulo sinusal (uma forma específica de arritmia), transtornos preexistentes de alto grau da condução sinoatrial, bloqueios atrioventriculares de segundo e terceiro graus, bloqueio de ramo ou bloqueio distal na ausência de marca-passo externo;
  • Doença pulmonar obstrutiva grave (doença crônica dos pulmões que diminui a capacidade para a respiração);
  • Distúrbio eletrolítico não compensado (ex. desordens nos níveis de potássio no sangue);
  • Pressão sanguínea arterial baixa acentuada;
  • Pacientes que recebem tratamento concomitante com ritonavir;
  • Miastenia grave (doença na qual a transmissão neuromuscular é afetada) e
  • Ocorrência de infarto agudo do miocárdio nos últimos 3 meses.

 

 

Registro: 1.0043.1138

Venda sob prescrição médica. Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.