Buscar   
Sítio do Pica Pau Amarelo
Clássico de Monteiro Lobato, é patrocinado pela Eurofarma e apresenta grandes cenários, projeções de vídeo, efeitos de luz e som, vôos cênicos e bonecos com movimentação eletrônica. No palco, 18 atores e muita tecnologia no cenário.

A Eurofarma apresenta a peça Sítio do Pica Pau Amarelo – O. A história de Monteiro Lobato – que embalou a infância de várias gerações, desde a primeira versão na TV Tupi até a mais recente, na TV Globo – chega ao teatro com 18 atores no elenco (encabeçados por Mariana Elisabetsky no papel de Emília e Bibba Chuqui como a Tia Nastácia) e a proposta de encantar e surpreender crianças e adultos, principalmente nas cenas em que os personagens voam sobre a platéia.

O musical infantil tem a adaptação da obra de Monteiro Lobato por Flávio de Souza. No palco, Emília (Mariana Elisabetsky), Dona Benta (Suzanah Borges), Narizinho (Ana Paula Grande), Pedrinho (João Maia), Visconde de Sabugosa (Rodrigo Miallaret) e Tia Nastácia (Bibba Chuqui) recebem a companhia de Peter Pan, Pinóquio, Aladdin, Cinderela, Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho e da Dona Carochinha além dos bonecos com movimentação eletrônica: Quindim, Rabicó, Cuca e Burro Falante. Narizinho descobre o Reino das Águas Claras e a boneca Emília se torna uma tagarela depois de tomar uma pílula falante. Para o seu casamento com o Marquês de Rabicó, Emília pede que convidem todos os personagens da carochinha. Mas a Cuca e os piratas comandados pelo Capitão Gancho vão também estar lá para “esquentar” a festa.

A montagem vem valorizar, divulgar a cultura e a arte nacionais, homenageando um dos maiores autores brasileiros e também sua obra, que influenciou várias gerações. O espetáculo leva adultos e crianças a mergulhar no universo de Monteiro Lobato e reviver as aventuras deste Sítio, onde tudo é possível e a única regra é saber brincar, num mundo encantador e repleto de fantasias.

Roberto Talma foi o responsável pelo núcleo que dirigiu a primeira versão do Sítio para a TV, na Rede Globo. Em sua direção, ele privilegia principalmente a alegria e a magia das histórias de Lobato. “A narrativa é bastante linear, sem truques para enganar crianças. As músicas são quase todas conhecidas e as novas composições de André Abujamra e Flávio de Souza são lindas e fáceis de aprender. O meu prazer em fazer o espetáculo é grande, e todos que fazem parte da produção sabem do valor das histórias do Sítio do Picapau Amarelo de Monteiro Lobato”, declara ele.


Copyright ® Eurofarma - Todos os direitos reservados
Política de Privacidade
Mapa do Site
Curtir:
Seguir: