Pneumonia bacteriana é uma infecção dos pulmões que afeta as unidades de troca de gás como bronquíolos respiratórios e alvéolos. Geralmente é adquirida por aspiração de secreções infectadas das vias aéreas superiores¹ 

 

Apesar do progresso ocorrido nas últimas décadas em relação ao desenvolvimento de antibióticos, vacinas e métodos diagnósticos²É uma das causas principais de óbito em crianças em países em desenvolvimento e é responsável por cerca de 14% dos casos atendidos em pronto-socorro pediátrico¹. No entanto, ressalta-se que a melhoria na assistência à saúde tem proporcionado melhora dos indicadores relacionados às taxas de internação e mortalidade pela doença². 

 

Vários fatores de risco podem contribuir para o aumento da incidência e/ou da gravidade da pneumonia em crianças, tais como prematuridade, baixo peso ao nascer, desmame precoce, desnutrição, baixo nível socioeconômico, tabagismo passivo, frequência em creches e doenças de base, especialmente aquelas que afetam os sistemas cardiopulmonar, imunológico ou neurológico². 

 

O quadro clínico pode variar na dependência da faixa etária². Febre, tosse, respiração acelerada, tiragem e alterações da ausculta pulmonar são observados em praticamente todas as idades². Entretanto, lactentes jovens tendem a apresentar quadros menos específicos caracterizados por gemidos, cianose, intoxicação resultante do acúmulo excessivo de toxinas endógenas ou exógenas no sangue, hipotermia, distensão abdominal, vômitos e diarreia² 

 

A partir de 3-4 anos os sintomas são mais específicos e semelhantes aos apresentados pelos adultos, como dor torácica dependente da respiração, febre elevada e escarros . 

 

Sintomas³ 

Fique atento aos sintomas abaixo: 

 

– Febre alta;
– Tosse;
– Dor no tórax;
– Alterações da pressão arterial;
– Confusão mental;
– Mal-estar generalizado;
– Falta de ar;
– Secreção de muco purulento de cor amarelada ou esverdeada;
– Toxemia (danos provocados pelas toxinas carregadas pelo sangue);
– Prostração (fraqueza). 

 

Diagnóstico 

Procure atendimento médico para diagnóstico precoce de pneumonia, para diminuir a probabilidade de complicações³. Exame clínico, auscultação dos pulmões e radiografias de tórax são recursos essenciais para o diagnóstico das pneumonias³.  

 

Fontes: 
1 – PROTOCOLO SOBRE PNEUMONIAS AGUDAS ADQUIRIDAS NA COMUNIDADE – Prefeitura de São PauloDisponível em https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/HIMJ_protocolo_pneumonias_1254773706.pdf.. Último acesso no dia 25 de novembro de 2019. 
2 – Pneumonias adquiridas na comunidade na infância e adolescência – Sociedade Mineira de Pediatria. Disponível em http://www.smp.org.br/arquivos/site/revista-medica/artigo5-22.pdfÚltimo acesso no dia 25 de novembro de 2019. 
3 – Dicas em Saúde – Pneumonia – Ministério da Saúde. Disponível em http://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/233_pneumonia.htmlÚltimo acesso no dia 25 de novembro de 2019.