O Carnaval é uma festa anual originada do Cristianismo e ocorre no período que antecedo a quaresma. Aconteciam festas de rua e celebração litúrgica (missas e rituais da igreja católica), mas a festa como é hoje (com desfiles, fantasias e muita diversão) foi iniciada na Sociedade Vitoriana, no século XX¹. No Brasil, a criação de Escolas de Samba e os desfiles de Carnaval tornaram-se parte da identidade de cultura do país¹ 

Relacionados a essa grande festa de rua estão as aglomerações, o calor, a alimentação fora de casa, que pode causar transtornos aos foliões¹. Separamos algumas dicas para que o Carnaval seja aproveitado com saúde! 

Alimentos  

Como muitas pessoas aproveitam o Carnaval para curtir os blocos, é normal que passem grande parte do tempo fora de casa, e que as refeições sejam feitas na rua. No entanto, são necessários alguns cuidados para evitar as chances de ter intoxicações alimentares². Confira algumas dicas² 

  • Procure saber se o local possui o alvará da Prefeitura e a licença da Vigilância Sanitária; 
  • Veja se o alimento está com boa aparência e na temperatura adequada; 
  • Consulte se os alimentos fritos/assados estão em estufas, e se outros itens como carnes cruas, molhos e recheios estão armazenados em geladeiras / caixas térmicas; 
  • O atendente deve utilizar uniforme para manipular o alimento e ter cuidados com a higiene, como unhas aparadas, cabelos presos ou sem machucados aparentes; 
  • É necessário que exista uma pessoa exclusivamente no caixa, que recebe o dinheiro e evita que os alimentos sejam contaminados com a sujeira presente em notas / cartões; 
  • Os canudos / talheres devem ser embalados individualmente. 

 

Sexo seguro 

Use camisinha em qualquer tipo de relação sexual para se proteger contra doenças sexualmente transmissíveis². Na hora de usá-la, verifique a data de validade e se o produto possui a certificação do Inmetro². Guarde-a em lugares frescos e secos, e não use caso esteja guardada por muito tempo². 

 

Medicamentos 

Caso esteja tomando medicamentos, preste atenção na interação dele com bebidas e alimentos², pois possíveis interações podem prejudicar a absorção dos medicamentos, e até sua ação nos tecidos² Por isso, prefira sempre ter prescrições médicas e siga a recomendação médica à risca². 

 

Espumas, serpentinas e neves artificiais  

Neves artificiais, espumas e serpentinas são divertidas, mas é preciso tomar cuidado com o uso, principalmente por crianças². Os produtos não podem ser inalados, ingeridos, expostos a altas temperaturas (acima de 50°C) e nem ter contato com os olhos e mucosas². Caso isso aconteça, procure imediatamente um médico. 

 

Segurança 

Para ter momentos tranquilos e seguros, preste atenção em alguns detalhes. Confira dicas³: 

  • Não deixe objetos à mostra no interior do veículo; 
  • Evite locais desertos, mal iluminados ou interditados; 
  • Se beber, não dirija; 
  • Coloque nome, endereço e telefone na roupa das crianças e marque um local para a família / grupo se encontrar caso se percam; 
  • Leve dinheiro trocado, mas evite grandes quantias; 
  • Evite tumultos, e em caso de brigas, se afaste e acione a Polícia; 
  • Evite joias, bolsas ou objetos de alto valor; 
  • Não utilize garrafas e copos de vidro, objetos pontiagudos ou armas; 
  • Não dê carona para estranhos; 
  • Antes de entrar em casa, certifique-se de que não existem suspeitos na região; 
  • Caso seja abordado, não reaja, procure manter a calma e chame a polícia. 

 

Outras dicas para ter um Carnaval legal4 

  • Prefira alimentos leves e evitfrituras; 
  • Beba bastante água e sucos naturais; 
  • Use protetor solar, chapéus e bonés para proteger-se do sol; 
  • Para evitar picadas de insetos use repelentes; 
  • Use roupas/fantasias confortáveis e evite ficar descalço; 
  • Caso se sinta mal, procure atendimento médico. 

 

Fontes: 
  1. Fundação Nacional de Artes – Coordenação de Recursos Humanos – Programa Qualidade de Vida. Disponível em http://www.funarte.gov.br/boletim/informartemarco2014.pdf.pdf. Último acesso no dia 26 de fevereiro de 2019. 
  2. Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento – Vigilância Sanitária Municipal. 2014. Disponível em http://www.saobentodosapucai.sp.gov.br/wp-content/uploads/2015/02/DICAS-CARNAVAL-2014.pdf. Último acesso no dia 22 de fevereiro de 2019. 
  3. Governo do Estado de Minas Gerais – Polícia Militar. Carnaval – dicas de segurança. 2016. Disponível em https://www.policiamilitar.mg.gov.br/conteudoportal/uploadFCK/9rpm/21012016143008728.pdf. Último acesso no dia 22 de fevereiro de 2019. 
  4. CECOVISA – Centro Colaborador em Vigilância Sanitária. 2012. Disponível em http://www6.ensp.fiocruz.br/visa/files/Eventos%20de%20Massa_carnaval.pdf. Último acesso no dia 22 de fevereiro de 2019.