Por que o inverno agrava enfermidades como gripe e asma?

Dr. Ciro Kinchenchtejn – Devido ao frio, poluição e mudanças comportamentais, alguns problemas de saúde se tornam mais comuns, como resfriados, gripes, crises de asma e rinite. Em São Paulo, no Brasil, por exemplo, é comum o fenômeno de inversão térmica, quando partículas de poluentes, além de gases tóxicos como derivados de enxofre e nitrogênio se acumulam no ar, aumentando o risco de pessoas suscetíveis piorarem de quadros alérgicos.

Quais as principais dicas de prevenção?

Dr. Ciro Kinchenchtejn – O melhor meio de prevenção para a gripe é a vacina, que deve ser tomada antes do inverno para dar tempo ao organismo produzir os anticorpos protetores. Para prevenir estas infecções também é importante lavar as mãos com frequência. Para pessoas com asma e rinite a dica é consultar um pneumologista ou otorrinolaringologista antes do inverno e evitar exposições desnecessárias ao tempo frio.

Quais outras enfermidades podem ser agravadas com o frio?

Dr. Ciro Kinchenchtejn – Os infartos do miocárdio e derrames são mais comuns no inverno. Isto ocorre porque com o frio a pressão arterial sobe, há maior inflamação devido à inalação de poluentes, sobrecarregando o trabalho cardíaco. Além de se agasalhar com roupas adequadas, manter o ambiente do trabalho e de casa aquecidos, medidas como não fumar, manter dieta saudável e exames de prevenção são importantes para se evitar estas complicações muitas vezes fatais ou causadoras de sequelas.