Qual sua definição da carreira de Farmacêutico?

Marcelo Bisson – A carreira de farmacêutico além de ser uma das mais antigas do mundo, oferece a oportunidade incrível de servir a sociedade e ao próximo. Se podemos definir em uma frase seria “O farmacêutico é o profissional focado no usuário do medicamento” e, neste contexto, só existe medicamentos por existirem pessoas que os necessitam.

 

A formação em Farmácia oferece um leque muito variado de opções de trabalho para os profissionais. Atualmente, quais os campos de atuação em crescimento para farmacêuticos no Brasil?

Marcelo Bisson – As áreas que mais crescem são aquelas relacionadas aos serviços como a farmácia clínica e também as áreas biotecnológicas, sem esquecer das áreas cosmética, estética, fitoterápica e nutracêutica que ganham destaque nos últimos anos.

 

Como farmacêuticos podem se diferenciar no competitivo mercado de trabalho?

Marcelo Bisson – O grande diferencial, além da pós-graduação, é ter e desenvolver o espirito inovador e criativo, aliado a capacidade de comunicação e trabalho em equipe. A experiência internacional através de cursos e programas de intercâmbio favorecem também o profissional a se diferenciar no mercado. A visão de mundo e do sentido real dos medicamentos na sociedade habilita os farmacêuticos a se destacarem no mercado.

 

Quais são as fronteiras a serem desbravadas pela Farmácia hoje?

Marcelo Bisson – Sem sobra de dúvidas a fronteira passa pelas terapias gênicas e pelo uso da biologia molecular para minorar e curar as doenças que hoje não tem cura. Neste sentido ciências como a farmacogenética e farmacogenômica ganham grande destaque.

 

Por que o senhor escolheu ser farmacêutico?

Marcelo Bisson – O motivo principal foi servir à sociedade e minorar o sofrimento das pessoas, e como farmacêutico acreditava que poderia fazer a diferença na vida delas. Sempre encarei o desafio de fazer mais e melhor, muitas vezes mesmo com todas as dificuldades que encontramos no Brasil. Assim como muitas publicações especializadas continuo acreditando que Farmácia é a profissão do futuro.

 

Fonte: Revista Panorama (informativo interno do Grupo Eurofarma)