Não importa o motivo, a queda de cabelos inevitavelmente leva, também, à queda da autoestima feminina. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, cerca de 40% das mulheres têm queda excessiva de cabelos e, destas, 70% afirmam que o problema impacta diretamente em sua autoconfiança.

1

O ciclo normal de crescimento dos cabelos costuma ser de três anos. Em condições normais, os fios crescem durante 85% desse tempo; os outros 15% compreendem a fase de enfraquecimento e queda. Esta última fase, quando desequilibrada, torna-se mais extensa do que o normal e pode resultar no excesso de queda, além de diminuir a fase de crescimento das madeixas, afetando o nascimento de novos fios.

Ao contrário do que se acredita, nem sempre a queda de cabelo está associada à deficiência de vitaminas. Estresse físico ou emocional, doenças autoimunes (como lúpus), mudanças hormonais ocasionadas por menopausa, pós-parto e até mesmo pelo uso da pílula anticoncepcional também podem resultar em queda de cabelo.

Investindo no diagnóstico precoce e no tratamento correto, a queda excessiva de cabelos ficará no passado! Cabelos bonitos e saudáveis refletem a autoestima de qualquer mulher. E cuidar-se por inteiro é fortalecer as raízes da sua beleza.