No dia 4 de fevereiro o jornal O Estado de S. Paulo trouxe uma matéria exclusiva sobre a expansão dos negócios da Eurofarma, fruto da entrevista com Maria Del Pilar Muñoz, vice-presidente de Sustentabilidade e Novos Negócios.

 

Durante a conversa, cedida para a coluna Primeira Pessoa do jornal, a vice-presidente comentou sobre os planos de expansão com a aquisição de 90 medicamentos da Stein, farmacêutica sediada na Costa Rica. Entre os objetivos da Eurofarma, está o de ampliação de atuação em países como Costa Rica, Honduras, Guatemala e Equador, reforçando o posicionamento da companhia na América Central.

 

Em 2018, 90% do faturamento da Eurofarma foi fruto de vendas no mercado brasileiro e a meta é a de aumentar as vendas fora do país. “Em 2022, a nossa meta é que as vendas de outros países representem cerca de 30% do total da receita do grupo”, comenta Maria del Pilar Muñoz. De acordo com a vice-presidente, a empresa não vai deixar de investir no Brasil. “Temos crescido uma média de 17% nos últimos 15 anos no Brasil”, e ainda completa que “estamos investindo em um centro de desenvolvimento na nossa planta de Itapevi e teremos uma nova fábrica de antibióticos. A Eurofarma tem mais de 200 projetos em desenvolvimento”, finaliza.

 

Confira a matéria na página B2 do caderno de Economia do jornal impresso de hoje.