TÓQUIO, 16 de outubro de 2018 – A Eurofarma assinou acordo para direito exclusivo de desenvolvimento e marketing para medicamento antiobesidade cloridrato de lorcaserina (nome nos Estados Unidos: BELVIQ®; e para formulação única diária nos Estados Unidos: BELVIQ XR®, “lorcaserina”) em 17 países.  No acordo, a Eisai fornecerá a lorcaserina para a Eurofarma, que ficará responsável pelo registro e comercialização do produto.

A lorcaserina é uma nova entidade química que diminui o consumo de alimentos, promovendo saciedade com a ativação seletiva de receptores de serotonina 2C no cérebro. Ela foi aprovada em 2012 pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos como adjuvante de uma dieta reduzida em calorias e aumento da atividade física para controle de peso crônico em pacientes adultos com um índice de massa corporal (IMC) inicial de 30kg/m² ou maior (obeso) ou 27kg/m² ou maior (sobrepeso) na presença de pelo menos uma condição de comorbidade relacionada ao peso, e foi lançada nos Estados Unidos em 2013. Foi aprovada no México e Brasil com a mesma indicação em 2016.

Com o acordo, a Eisai pretende fortalecer a base comercial na América Latina, acelerando a entrega da lorcaserina nessa região, como foco em 17 países: Argentina, Bolívia, América Central e Caribe – Belize, Costa Rica, República Dominicana, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, Colômbia, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela.

 

Sobre o cloridrato de lorcaserina

As reações adversas mais comuns observadas em vários estudos clínicos de Fase III sobre a lorcaserina foram cefaleia, tontura, fadiga, náusea, boca seca e constipação em pacientes sem diabetes, e hipoglicemia, dor de cabeça, dor nas costas, tosse e fadiga em pacientes com diabetes.

Um estudo de doenças cardiovasculares realizado em vários países, incluindo os Estados Unidos, com 12.000 pacientes descobriu que o tratamento a longo prazo com lorcaserina não aumenta a incidência de MACE (Eventos Cardiovasculares Adversos Maiores, incluindo infarto do miocárdio, derrame e morte cardiovascular), e o objetivo de segurança primário do estudo foi atendido. Além disso, em relação à incidência de MACE+ (consistindo em morte cardiovascular, infarto do miocárdio não fatal, derrame não fatal, hospitalização devido à angina instável, insuficiência cardíaca ou revascularização coronária) que era o desfecho de eficácia primário, embora a superioridade estatística ao placebo não tenha sido atendida, os resultados confirmaram com sucesso a não inferioridade da lorcaserina.

No estudo, a lorcaserina também demonstrou uma melhoria em vários fatores de risco cardiovascular, incluindo pressão arterial, lipídios, glicemia e função renal, assim como uma redução na conversão para diabetes mellitus tipo 2 (T2DM) em pacientes sem diabetes. Além disso, em análises adicionais de subgrupo, em um contexto de modificação do estilo de vida, observou-se que a lorcaserina melhorou a perda de peso a longo prazo em comparação com o placebo, inclusive em subpopulações com T2DM e apneia obstrutiva do sono.

 


 

Sobre a Eurofarma Brasil

Com 46 anos de existência, o Grupo Eurofarma é a primeira multinacional farmacêutica brasileira com capital 100% nacional, sendo reconhecida pela comunidade médica e sociedade por promover o acesso à saúde e qualidade de vida com um preço justo, qualidade e tratamentos inovadores.

Presente em 20 países, atua na área de Prescrição Médica e Sem Prescrição, Genéricos, Hospital, Licitações, Oncologia, Veterinária e Serviços para segmentos de terceiros. No Brasil, o portfólio é representado por 335 marcas em 844 apresentações, incluindo 28 especialidades médicas e 148 classes terapêuticas.

Facebook: @eurofarma | LinkedIn: @eurofarma | Instagram:@eurofarma_br

 

Assessoria de Imprensa Eurofarma

Stephanie Van Sebroeck +55 11 5090-8600 ext.8369 – stephanie@gaspar.com.br

Guilherme Gaspar +55 11 3065-3045 – guilherme@gaspar.com.br