O atual tricampeão da Stock Car conquistou sua primeira vitória da temporada neste domingo, em Cascavel, e fechou como o maior pontuar do fim de semana. No sábado ele também conquistou a vice liderança da prova e somado os dois pódios, adicionou 61 pontos. “Acabou bem, mas, não podemos esquecer oque temos que melhorar, a classificação não foi muito boa”.

O começo foi complicado para Daniel na primeira corrida do domingo, válida pela sexta etapa do campeonato. Com a pista suja durante o classificatório, ele largou em décimo oitavo lugar, mas, durante a prova, escalou o pelotão até a décima posição, onde permaneceu até a bandeirada final. Com o grid invertido, a segunda largada foi na pole onde se manteve liderando de ponta a ponta. “Foi positivo sair de um décimo oitavo para o maior pontuador do final de semana, isso mostra o espírito da equipe, que a gente sabe onde quer chegar e vamos trabalhar para chegar lá”.

Ricardo Maurício, que no sábado levou 20 quilos de lastro, ganhou mais cinco no domingo ao assumir a vice-liderança do campeonato. Embora tenha avançado rapidamente na primeira metade da prova, após o pit stop decidiu voltar para o box e terminou em décimo nono lugar. Uma boa decisão da equipe para o carro #90 do bicampeão, que chegou a despontar na saída do pit stop, mas, uma escapada mandou o piloto para o décimo primeiro lugar. “A gente pensou em abastecer e tanquear para a segunda corrida e foi o que fizemos, porque largar atrás é sempre mais difícil. Mas, eu estava rápido e carro começou a ficar traseiro nas entradas de curva e eu perdi a traseira e rodei, uma pena”.

O domingo

Cascavel amanheceu com ventos e clima mais ameno para receber os pilotos da Stock Car que disputaram logo pela manhã o treino classificatório. Apesar disso, o setup do carros teriam que seguir o mesmo para a corrida, o que muda toda a estratégia. “Tivemos que preparar um carro misto, já que a previsão para o horário da corrida era de alta temperatura”, explica Ricardo Maurício.

O primeiro grupo entrou com pista suja, que foi melhorando ao longo das voltas, facilitando a condição para o grupo 2. O resultado foi apenas três pilotos do top 10 do campeonato no Q2, em busca pela pole, que ficou com Bruno Baptista.

Na equipe Eurofarma Daniel Serra largou na décima oitava posição e Ricardo Maurício em vigésimo. Serra subiu o pelotão até a décima posição durante 34 minutos de prova, e manteve a posição, garantindo a pole da corrida 2.

Com 61 dos 84 pontos em jogo no fim de semana, o maior da história, Daniel Serra avançou cinco casas na matemática do campeonato. Ricardo Maurício soma 130 e está empatado com Thiago Camilo, no desempate ele fica em quarto lugar.

 

Classificação do campeonato:

1 – Cesar Ramos – 146
2 – Ricardo Zonta – 132
3 – Thiago Camilo – 130
4 – Ricardo Maurício – 130
5 – Rubens Barrichello – 125
6 – Daniel Serra – 119
7 – Atila Abreu – 116
8 – Rafael Suzuki – 104
9 – Allan Khodair – 103
10 – Nelson Piquet Jr. – 99