Stock Car: Ricardo Maurício é o novo líder do campeonato

Dois pódios e a liderança do campeonato, esse é o saldo do fim de semana para o piloto Ricardo Maurício, da equipe Eurofarma na Stock Car. No início dos treinos, o cenário não era nada promissor, Ricardo fez apenas o vigésimmo sexto tempo no último treino antes
do classificatório e tinha um jogo de pneus deteriorados pelo excesso de uso na tentativa de arrumar o setup do carro. Apesar disso, a equipe trabalhou focado na estratégia e o piloto saiu do Velopark com a maior pontuação do fim de semana.
“Não está fácil, mas, o trabalho da equipe foi espetacular. Eu sabia que não estaria mais rápidobque o Fraga, Casagrande, o Bruno, então decidi não ficar brigando pela primeira posição, mas, fazer a melhor corrida que eu pudesse e com isso, alcançamos os dois pódios”, diz ele.

Daniel Serra, seu companheiro de equipe e que ocupava a liderança do campeonato desde a primeira etapa, agora ocupa a segunda posição. E Max Wilson, que também vinha de um bom ritmo de corrida chegando bem perto do pódio na segunda prova, sofreu com a quebra da suspensão traseira esquerda e teve que abandonar a corrida.

Agora, o funil começa a se formar para os primeiros colocados já que faltam apenas quatro etapas para o
final da temporada 2019.

Confira os detalhes das provas no Velopark

A largada em fila indiana, a briga pela liderança e o afunilamento natural rumo ao título da temporada são alguns dos ingredientes que ajudaram a temperar a oitava etapa da Stock Car que aconteceu, neste domingo, no autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita, RS.
Em segundo na tabela de classificação e puxando o grid da primeira corrida, Ricardo Maurício teria que lidar com pneus mais desgastados e logo na segunda volta, foi ultrapassado por Fraga e Casagrande. A equipe precisava de calma analisar a matemática dos pontos, indispensável para um campeonato tão longo.

Max Wilson, que largou em quarto lugar, apresentou uma corrida equilibrada, com um carro perfeitamente ajustado que deu a ele
condições de manter uma disputa acirrada com Thiago Camilo durante quase toda a primeira prova.

No Pit stop um novo cenário começou a se desenhar dentro do grid. Com estratégia de maior abastecimento, Max Wson voltou em décimo primeiro lugar e Daniel Serra conseguiu se manter em décimo.

Já Ricardo Mauricio adotou tática diferente, voltou em quarto e iniciou nova subida na pista. Um final da primeira corrida emocionante. Max Wilson vinha décimo primeiro e Daniel Serra em décimo, garantindo a pole com o grid invertido na Corrida 2. Mas, uma irregularidade no Pit Stop de Ricardo Zonta levou a uma penalização de 10 segundos, deixando Max Wilson na pole da segunda prova.

Na largada, Daniel Serra avançou rapidamente e logo nas primeiras voltas já disputava a liderança com Max. Quem também veio forte foi Júlio Campos, ampliando a disputa pela primeira posição.

Faltando apenas 10 minutos para o final, uma ondulação da pista ocasionou a quebra da suspensão traseira do carro de Max Wilson, tirando o carro 65 da corrida. Quem herdou a posição foi Ricardo Mauricio que fechou o final de semana com dois pódios e a liderança do campeonato.

O próximo desafio será em Cascavel, em outubro.

Confira a classificação do campeonato:

1 – Ricardo Mauricio – 245
2 – Daniel Serra – 239
3 – Thiago Camilo – 221
4 – Rubens Barrichello – 206
5 – Júlio Campos – 199
6 – Felipe Fraga – 181
7 – Gabriel Casagrande – 151
8 – Cacá Bueno – 150
9 – Max Wilson – 133
10 – Bruno Baptista – 126