Ricardo vence, Serra lidera e decisão segue para Interlagos

Mesmo mantendo a liderança do campeonato, Daniel Serra, bicampeão da Stock Car pela equipe Eurofarma, terá que defender a posição e buscar o título na grande final, marcada para 15 de dezembro, em Interlagos. Ricardo Maurício, foi a grande surpresa do final de semana, ao garantir a vitória na segunda corrida, após largar em vigésimo sétimo e manter a vice lidernça. “Eu estava muito chateado ontem com o resultado do classificatório, mas, sabia que as coisas poderiam melhorar durante a prova. Na verdade, foi melhor do que o esperado”, conta ele. “Fomos bem na primeira corrida, cheguei em quarto, mas, na segunda largada aconteceu alguma coisa, minha fila demorou para andar e acabei perdendo posições que, certamente, renderiam mais pontos. Mas, ainda estamos com vantagem, vamos para a final”, diz Serra.

O final de semana no centro oeste brasileiro foi desafiante para os pilotos da equipe Eurofarma. Daniel Serra e Ricardo Mauricio tinham a missão de defender as primeiras posições na tabela geral do campeonato, já que ambos estão na briga pelo tricampeonato. Mas, uma chuva inesperada durante o classificatório dificultou a virada de tempo dos pilotos que estavam no primeiro grupo, incluindo os líderes. Com isso, a primeira largada foi com um sétimo lugar para Daniel, um vigésimo sétimo para Ricardo e um vigésimo terceiro para Max Wilson.

Porém, confiantes na equipe e nas mudanças que se desenham, naturalmente, ao longo das corridas, os três pilotos largaram em busca de pontos.

O primeiro Safety Car foi acionado logo no início da prova devido a um acidente envolvendo Marcel Coletta, Rafael Suzuki e Bia Figueiredo. A presença do carro de segurança reaproximou os competidores para a relargada.

Com cerca de 10 minutos de prova, o carro de Max Wilson apresentou um problema que, inicialmente, pareceu uma quebra no semieixo. “Meu carro perdeu a tração e não tive como prosseguir”, explica ele.

O carro teve que ser rebocado, assim, como não foi possível retornar ao box para análise e solução do problema, o piloto #65 também ficou impossibilitado de participar da segunda corrida.

Ao final de 40 minutos, Daniel Serra alcançou a quarta posição e Ricardo Mauricio subiu do vigésimo sétimo para o décimo sexto lugar. A primeira posição foi de Gabriel Casagrande.

A segunda corrida foi de grid invertido, como manda o regulamento da Stock Car. Daniel Serra largou, novamente, em sétimo lugar e Ricardo Maurício manteve a posição final da primeira prova. Já com carros e pneus mais desgastados, a vantagem de Serra era um push to pass adicional que o piloto ganhou da promoção Fan Push, realizada pela organização do evento, em que o público vota pela internet e seis pilotos ganham um botão de ultrapassagem adicional. “Fico muito grato à todos que votaram em mim, esse é um diferencial competitivo muito importante, considerando que para a segunda corrida os carros e pneus já estão mais desgastados”, analisa ele.

Outro ponto fundamental é o pit stop, que pode ajudar ou atrapalhar o piloto na busca por posições. Na segunda prova, com box aberto faltando cerca de 20 minutos para o final, Daniel trocou apenas o pneu traseiro esquerdo.

Ricardo Mauricio empreendeu uma jornada impressionante em busca de recuperação e mostrou porque é bicampeão. Ele avançou o pelotão e surgiu na segunda posição, lutando segundo a segundo com Valdeno Brito pela liderança. A ousadia devolveu a ele a vice liderança no campeonato, posição que havia perdido ao final da primeira corrida. Faltando apenas 1 minuto e quarenta, ele acionou o push na reta e abriu sobre Valdeno, faturando a vitória e 24 pontos na classificação final.

Agora, a decisão fica para Interlagos e seis pilotos seguem na disputa, Daniel Serra, Ricardo Maurício, Thiago Camilo, Rubens Barrichello, Júlio Campos e Felipe Fraga.

Confira a tabela de classificação:

1 – Daniel Serra – 334

2 – Ricardo Maurício – 316

3 – Thiago Camilo – 305

4 – Rubens Barrichello – 283

5 -Júlio Campos – 282

6 – Felipe Fraga – 279

7 – Gabriel Casagrande – 264

8 – Cacá Bueno – 229

9 – Bruno Baptista – 163

10 – Nelson Piquet Jr. – 161