A osteoartrite, mais conhecida como artrose ou osteoartrose, é a doença reumáticaarticular degenerativa, que mais ocorre entre indivíduos com mais de 65 anos de idade¹. Estudos americanos apontam que mais de 50 milhões de pessoas apresentam esta enfermidade¹ 

 

Os conhecimentos adquiridos recentemente sobre a doença levaram a uma alteração no conceito¹. Antes se acreditava tratar-se de uma doença progressiva, de evolução arrastada, sem perspectivas de tratamento, encarada por muitos como natural do processo de envelhecimento¹. Hoje, no entanto, é vista como uma enfermidade em que é possível modificar o seu curso evolutivo, tanto em relação ao tratamento sintomático imediato, quanto ao seu prognóstico¹. 

 

No conjunto das doenças agrupadas sob a designação de reumatismos, a artrose é a mais frequente, representando cerca de 30 a 40% das consultas em ambulatórios de Reumatologia². Além deste fato, sua importância pode ser demonstrada através dos dados da previdência social no Brasil, pois é responsável por 7,5% de todos os afastamentos do trabalho; é a segunda doença entre as que justificam o auxílio-inicial, com 7,5% do total; é a segunda também em relação ao auxílio-doença (em prorrogação) com 10,5%; é a quarta a determinar aposentadoria (6,2%)². 

  

O que é² 

A osteoartrite (artrose) é uma doença que se caracteriza pelo desgaste da cartilagem articular e por alterações ósseas, entre elas os osteófitos, conhecidos, vulgarmente, como bicos de papagaio’². 

 

A osteoartrite (artrose), em conjunto, agride mais as mulheres, em especial nas articulações das mãos e joelhos. Nos homens, a articulação mais cometida é a coxofemoral (do fêmur com a bacia)²  

 

Ela progride com o passar dos anos, sendo pouco comum antes dos 40 e mais comum após os 60 anos². Pelos 75 anos, 85% das pessoas têm evidência radiológica ou clínica da doença, mas somente 30 a 50% dos indivíduos com alterações observadas nas radiografias queixam-se de dor crônica². 

 

Causas  

A artrose pode ter causas desconhecidas (dita primária) ou com causas conhecidas (dita secundária)². As causas desta última forma são inúmeras, desde defeitos das articulações, como os joelhos com desvios de direção (valgo ou varo), até alterações do metabolismo² 

 

A participação da hereditariedade é importante, principalmente em certas apresentações clínicas, como os nódulos dos dedos das mãos, chamados de nódulos de Heberden (na junta da ponta dos dedos) ou Bouchard (na junta do meio dos dedos)². 

 

 Fontes: 
1 – Osteoartrite (Artrose): Tratamento. Scielo – Disponível em http://www.scielo.br/pdf/rbr/v44n6/09.pdf. Último acesso no dia 03 de julho de 2019. 
2  O que é osteoartrite? – Sociedade Brasileira de Reumatologia. Disponível em https://www.reumatologia.org.br/doencas-reumaticas/osteoartrite-artrose/. Último acesso no dia 03 de julho de 2019.