Com a arquibancada repleta de amarelo e uma torcida de 2200 pessoas, Daniel Serra acelerou rumo ao bicampeonato na Grande Final da temporada 2018 da Stock Car. Depois de 40 minutos, ele cruzou a linha de chegada e alcançou o seu segundo título consecutivo defendendo as cores da equipe Eurofarma. Emocionado, ele recebeu a mensagem da esposa Rafaella Sarachi ainda pelo rádio e comemorou a vitória ao som de “bicampeão”. “Não pensamos em comemoração em momento algum, nosso foco era ir para a pista e fazer o nosso trabalho, sabíamos que era a forma mais saudável de enfrentar esses momentos de pré corrida”, relembra.
A construção desse título começou em março, quando ao lado de João Paulo, ficou com a pole e a vitória da primeira corrida do ano. A partir daí, em todas as praças por onde o circo da Stock Car passou, ele se despediu com a liderança. “Não canso de dizer o quanto o Meinha é incrível e o quanto a equipe Eurofarma foi um marco divisório na minha carreira na Stock Car”, diz ele.
Na matemática do título somam-se 4 pole positions e onze pódios, números absolutos de uma longa jornada que terminou neste 9 de dezembro de 2018. “Comemorar mais esse título ao lado dos meus amigos e da minha família é muito especial. Quando chego em casa, triste ou feliz, são eles que me recebem e essa energia na pista faz toda a diferença para mim”, comenta.
A equipe Eurofarma ainda teve outros motivos pra comemorar. Ricardo Maurício, que se despede da equipe Full Time, largou na quinta posição depois de uma grande atuação no treino classificatório. A partir do próximo ano, ele volta para a equipe de Rosinei Campos.
Max Wilson e seu engenheiro Joselmo Barcick fizeram uma grande corrida de recuperação. Largando em trigésimo lugar, ele subiu todo o pelotão até aportar na décima quarta posição e fechar o ano entre os cinco mais rápidos. “Foi um ano muito bom, tivemos alguns imprevistos, mas, numa categoria tão competitiva quanto essa, terminar em quinto lugar no campeonato é, sem dúvida, um
grande resultado”.
A Eurofarma ainda conquistou o título de melhor equipe. “Estão todos de parabéns, somos mesmo uma grande família”, diz o chefe de equipe Rosinei Campos.
A partir de 2019 o trio campeão estará de volta. Daniel Serra, Max Wilson e Ricardo Maurício vão entrar novamente na pista com as cores da Eurofarma comemorando a maior permanência de uma mesma equipe, com os mesmos pilotos na maior categoria do automobilismo nacional. Só que agora, com uma estrela a mais.